brasilseguranca.com.br

 »Apresentação

 »Segurança Publica

 »A Arte do Choque

 »Segurança Sem Fronteiras

 »Segurança empresarial

 »Valorização Policial
 »Evite um crime
 »Comportamento
 »Segurança Pessoal
 »Transito
 »Segurança eleitoral
 »Cristo e Tiradentes/sentenças
 »Sua opinião
 »Forum
 »Contato & Equipe
 
 

Receba nosso News

InscreveSai da lista

 

Contato: fator@brasilseguranca.com.br  

 
Segurança Sem Fronteiras

Introdução
Prevenção Terceirizada

TV Segurança

 

 

 

 

 

 

 

 

Introdução

É a iniciativa de qualquer pessoa, de grupo ou de segmentos sociais, organizados ou não, por estabelecimentos privados ou mesmo públicos, visando contribuir, à sua forma, individualmente ou em conjunto, para o desenvolvimento ou engrandecimento de qualquer atividade relacionada com o processo de prevenção ao seu alcance, o qual possa levar à redução da violência, minimizar a sensação da insegurança e ampliar a segurança do cidadão, de uma comunidade e pública como um todo, a partir de manifestações de ordem preventivas e outras contribuições informais em qualquer local, momento e circunstância; em resumo seria todos participando da prevenção de todos, independente de suas qualidades ou categorias, caracterizado-se por procedimentos não policiais. É bom que se frise, que atividades de segurança preventiva que podem ser exercitadas por qualquer cidadão ou organização diferem dos encargos exclusivos das policias, ainda que, por lei, qualquer pessoa do povo possa prender alguém em flagrante, no entanto, o exercício de segurança sem fronteiras diz respeito a um conjunto de medidas e iniciativas pessoais adotado no âmbito ou na instância de cada um, sem precisar interferir com poder de polícia; para se envolver na prevenção em benefício próprio ou de seus entes ou daqueles que fazem parte do seu mundo, não carece de uma qualidade policial, basta compreender que segurança, além de um direito é um dever. Sinalizar um local de perigo próximo de si é mais do que o pleno exercício da prevenção é um ato de cidadania e uma demonstração de humanidade e muita sensibilidade. Fazer algo pela segurança de todos é também estar em paz consigo próprio. Para ser bom, basta querer tomar uma decisão. A segurança sem fronteiras, como ações preventivas, transcende o emprego de armas e a presença policial, ainda que não a dispense, enquanto cultiva medidas pacíficas ativas, espontâneas e oportunas, estabelecendo-a pela determinação, criatividade e iniciativa, antecipando-se. Na verdade é um conjunto de participação para um fim comum, que é a tranqüilidade de cada um. A segurança como direito e responsabilidade de todos assegura a participação individual e coletiva das pessoas no processo de prevenção, permitindo presumir que ela também se estabelece com processos não policiais, aliás, a policia não é onipresente, enquanto o cidadão pode se encontrar em todos os lugares a qualquer tempo e circunstância, portanto, é compulsório que cada pessoa articule medidas de prevenção que assegure uma tranqüilidade em todos os locais nos quais possa se encontrar, inclusive, para os percursos. Para se evitar um aborrecimento ou um delito contra si, não existe fronteira, a imaginação é o limite.
Manoel Damasceno




















clique aqui!
by Banner-Link

clique aqui!
by Banner-Link

Copyright© - Brasil Segurança. Todos os direitos reservados.
Hospedado na
Oceano Digital